Laranjinhas cristalizadas (tirinhas das cascas)

Há alguns anos venho postando fotos nas redes sociais, das minhas casquinhas de laranjas cristalizadas.

Até já as coloquei em alguns posts, como nesta “Rosca de Laranja”.

Não achava que as pessoas apreciassem e se interessassem tanto. Foram muitas as vezes que me pediram, e pelo trabalho que dá, achava que não adiantaria fazer um post…

Mas , continuaram pedindo, e então resolvi compilar todas as fotos do passo-a-passo e explicar aqui esta delícia, que na minha versão, é bem “carnuda”, pois utilizo também a parte branca das cascas, e retiro o amargor com o processo de troca de águas.

Coloco as tirinhas numa tigela com água, e vou trocando por 2 dias

Bem, isso é que torna este docinho dos deuses um pouco trabalhoso. Mas garanto, e muito, que vale a pena. Até porque, às vezes compramos laranjas tão lindas, que dá um dó jogar as cascas fora.

Na minha versão, eu ralo levemente alguns pontos das cascas na laranja ainda inteira, para deixar o docinho mais macio, já que as cascas tendem a endurecer um pouquinho depois de secas e cristalizadas.

Preciso explicar aqui (muuuita gente me pergunta por que “laranja baía” pode ser importada?..)

No Brasil deram o nome de “laranja-baía” (sem a letra h, gente) para a internacionalmente conhecida como “navel orange”.

Navel em inglês quer dizer “umbigo”. Isto porque uma de suas extremidades pode lembrar um “umbigo”.

Corto primeiro cascas largas...... depois em tirinhas

Enfim, o nome laranja baía é apenas a mesma navel orange que encontra-se em vários países. As que encontramos aqui em São Paulo importadas, são ou da Espanha ou do Uruguai. Não só as cascas são de cor mais forte, mais ”alaranjadas”, porém bem mais bonitas, sem aqueles pontinhos pretos. Os gomos são mais deliciosos também; mais doces e sabor mais intenso. É isso : )

... depois em tirinhas

Se quiser em cubinhos, pra recheios de roscas, depois das tirinhas, corte assim

Também prefiro passá-las no açúcar de confeiteiro porque o resultado é muito mais delicado do que com açúcar refinado (o comum). Mas pode fazer com qualquer um dos dois.

Também coloco um toque de suco de limão no momento de fervê-las na calda, para quebrar um pouco do doce e dar um “up” no palato.

Faço uma outra versão já em cubinhos (mostro em algumas fotos aqui), em épocas de fim de ano. Guardo bem, e substituo em grande parte por aquelas “frutas cristalizadas fake” que vendem por aí em cubinhos, e cuja a maioria é sem sabor, pois são feitas de cascas de mamão. Vocês não imaginam a maravilha de sabor cítrico que transformam-se os pães doces, roscas, bolos de frutas secas, rolls, pães de mel, e tudo mais!

 

Os cubinhos, depois de escorridos da última fervura (na calda), secam na assadeira

É tão bom a gente saber fazer um doce com qualidade, sem depender de ter que comprar, e muitas vezes pagar tão caro…

E garanto que essa laranjinha cristalizada, “carnuda” assim, nem existe à venda. Sou uma aficionada por doces assim, por isso sempre olho, compro, para provar. Por isso há muitos anos resolvi fazer as  minhas.

Aliás, meu primeiro post foi de rodelas de laranjas glaceadas – um processo parecido nas etapas, mas com uma finalização e recultados diferentes.

Inspiradas nas vitrines de uma das minhas lojas favoritas no mundo: a “Fortnum & Mason” de Londres.

Minhas Laranjas glaçadas - o primeiro post do blog!

São lindas e elegantes pra servir num chá, ou como complemento de um jantar.

Vejam aqui as Laranjas glaçadas em fatias.

Bem, com tudo isso, criou coragem? Vale a pena. Vamos lá!

 

Tempo de preparo, contando com tempo de secagem e cristalização: 3 a 4 dias

 

Ingredientes:

- 3 laranjas-baía (usei as importadas, cujas cascas são mais bonitas)
- 2 xícaras de açúcar
- 4 a 5 xícaras de água
- 1 colher (sopa) de suco de limão
- açúcar de confeiteiro ( se não tiver, pode usar o comum) para envolver as casquinhas

Preparo:

- Rale levemente algumas partes das cascas das laranjas inteiras. Não é para ralar a casca toda. É apenas para que algumas partes fiquem mais macias. Apesar da cor bonita, as cascas tendem a deixar o docinho mais endurecido após a secagem. Mas se quiser, pode fazer sem ralar. Eu já fiz.
- Sobre uma tábua de carne, corte as 2 extremidades de cada laranja.
- Apoie cada laranja sobre uma extremidade cortada e com uma faca afiada, corte as cascas no sentido com comprimento, procurando cortar também as partes brancas.
- Faça um acabamento nas cascas: com uma faquinha, corte as bordinhas irregulares, formando um “retângulo” com cada casca.
- Corte cada tira larga de casca, em tirinhas de app. 6 mm.
- Coloque todas as tirinhas em uma tigela com água que as cubra bem, e deixe na geladeira.
- Troque essa água 3 vezes ao dia, durante 2 a 3 dias.
- Após esse tempo, escorra essa água, e coloque as tirinhas numa panela com água fervente e deixe em fogo baixo por aproximadamente por 30 minutos. Escorra.
- Na mesma panela, coloque o açúcar, a água e o limão e leve ao fogo. Mexa até o açúcar dissolver. Quando começar a ferver, coloque as cascas fervidas previamente e deixe ferver em fogo brando por aproximadamente 1 hora ou até que a calda engrosse levemente e as cascas estejam macias.
- Passe por uma peneira com uma tigela por baixo. Guarde a calda que escorreu ,num vidro, na geladeira, para aproveitar em bolos, sorvetes, panquecas, etc.
- Depois de drenadas as casquinhas, espalhe-as numa assadeira de preferência forrada com uma folha de silicone. Se não tiver, pode ser numa assadeira de teflon.
- Deixe “secando” por aproximadamente 24 horas, num ambiente interno, porém arejado. Vire as casquinhas a cada 3 horas.
- No dia seguinte, polvinhe bastante açúcar de confeiteiro por cima das casquinhas, e com as mãos, envolva-as nesse açúcar. Pode ser açúcar comum, porém o de confeiteiro as deixam mais delicadas e não tão doces.
- Deixe novamente secando, envolvidas no açúcar. Dê preferência a uma superfície onde entre sol, pois ele ajuda rapidamente no processo de cristalização.
- Esse tempo dependerá da umidade do ar. Em cidades muito úmidas, se não tiver sol, é provável que seja necessário deixá-las por um dia a mais, e ainda assim, uns 30 minutos no forno previamente aquecido em temperatura bem baixa – e desligado), para finalizar a cristalização (depois de todas essas etapas cumpridas).
- Quando estiverem sequinhas, retire o excesso de açúcar e guarde-as num vidro hermético, na geladeira. Duram até cerca de 30 dias assim.

==========

Dicas da Lena:

- Se quiser dobrar a receita, será ótimo. Eu recomendo. O único tempo a mais será no momento do corte das cascas. Mas vale a pena.
- No freezer pode guardar até 3 meses.
- Sirva com café, chá, ou decore bolos de laranja, pães doces, pudins, crepes.

 

Print Friendly
Compartilhar/Favoritos

54 comentários sobre Laranjinhas cristalizadas (tirinhas das cascas)

  1. Fabíola Gomes da Costa disse:

    Lena, Lena Lena!!!!

    Dei sorte hoje! Você postou exatamente as laranjas cristalizadas que eu queria tanto!! Nem acredito rsrsrsrs
    Que bom que você voltou a postar, estava com saudades. Em tempo: já fiz tantas receitas suas que já perdi a conta.
    Fique com a gente, não suma!
    Beijão e obrigada viu?

  2. SARAH disse:

    Quanta lindeza cor de ouro!
    Isso não tem preço, de verdade.
    Já imprimi, vamos ver se consigo fazer. Eu adoro isso…………
    Beijos e parabéns

    • Lena disse:

      Sarah,

      Eu também adoro essas laranjinhas.
      Vai com fé, que é demorado mas não é difícil não ; )
      Beijo

  3. Roberta Galvão disse:

    Eu simplesmente amo laranjas cristalizadas. Inclusive eu já fiz as laranjas em fatias, ficaram maravilhosas. Recentemente em viagem a Bélgica encontrei essas laranjas glaçadas e lembrei de vocé. Obrigada por dividir tantas receitas maravilhosas.

    • Lena disse:

      Roberta,

      Que delícia saber disso!
      Obrigada pela delicadeza de vir aqui comentar. E pelo carinho.
      Beijos : )

  4. Fernanda Marques disse:

    Que post caprichado, lindo, bem explicado (todos os seus são, mas neste vemos o seu cuidado em elaborar cada detalhe).
    Essas laranjinhas são uma perdição com café!
    Arrasou, mais uma vez.
    Beijão

    • Lena disse:

      Fernanda,

      Bom dia, obrigada!!
      Verdade, com café essas maravilhinhas são dos deuses.
      Beijo, volte sempre!

  5. Susey disse:

    Lena, eu que não tenho a menor delicadeza e jeito pra fazer doces , fique super tentada a fazer.
    Vou me inspirar, fazer e te mostrar.
    Bjs e obrigada por sua enorme grandeza em dividir conosco suas maravilhas!

    • Lena disse:

      Susey querida,

      Posso dar uma dica?
      Vá lendo en entrando no espírito e magia das receitas. Imagine-se fazendo cada etapa, e vá sentindo isso dentro de você.
      No final de cada receita, vc estará apta e pronta!
      ; )
      Beijão

  6. Malu disse:

    Lena, adorei encontrar o seu blog, quanta gostosura! Sempre fiz geleia com laranja seleta, mas está tão difícil de achar! Será que a baía vai dar aquele toque amargo tão gostoso? Obrigada e beijinhos!

    • Lena disse:

      Malu,

      Se você gosta de amargor, procure as laranjas com cascas mais carnudas, como a baía. A parte branca é que confere o amargor (que eu, aliás, por não gostar, troco em águas para retirá-lo por completo) : )
      Beijos

  7. Fabiana disse:

    Olá Lena, adoro as casquinhas de laranja.Vou fazer. E gostaria de saber se você acha que daria certo fazer com limão China…ou cavalo, vc conhece? Ele não é azedo, tem a casca laranja(mais fina), sabor delicado e perfumado. Ganhei um pouco de uma aluna e estão lindos. Bj.

    • Lena disse:

      Fabiana,

      É preciso que tenham a parte branca mais espessa como no limão siciliano.
      Não conheço o limão china, porém se for muito fina, não sei se o resultado ficará bom, porque ficará só casca, entende?
      Mas vc pode tentar. Depois me conta.
      Beijo

  8. Pati Souza disse:

    Bom dia!

    Nesta manhã cinzenta, bom é abrir o computador e dar de cara com este “sol” cítrico!
    Beijinho, estão lindas

  9. Marisa disse:

    Uma aula super explicativa, Lena. Essas laranjinhas são mesmo especiais; e na verdade, nunca encontrei as “carnudas”, como você falou. Sinceramente, despertou em mim o interesse em tentar fazê-las. Obrigada por compartilhar mais um de seus segredinhos preciosos.
    Bjo enorme.
    Marisa

    • Lena disse:

      Marisa querida,

      Obrigada viu?
      É um prazer fazer isso porque sei que a grande maioria que aqui entra quer de verdade, fazer.
      E me querem bem : )
      Beijo

  10. Manu Stein disse:

    eu não gosto muito desses doces com frutas, mas essa casquinha de laranja é uma coooooisa!
    Elas são tão ‘fotogênicas’ *-*, trazem um ar de requinte, mais sofisticado, só de estarem no cenário da foto!
    E têm cara daquelas refeições que a gente faz com pessoas queridas demais, numa mesa com coisa gostosa além da conta! Num têm?
    Dão um trabalhinho mesmo, mas eu acho que tenho competência pra tentar fazer, só pra fazer aquela rosca doce que você postou um tempo atrás e que me matou de desejo, será que dou conta? xD
    E quanto ao post em si, Fada, tá cada dia mais difícil comentar, porque cada vez mais, me sinto aí na sua cozinha, acompanhando de perto e sentindo todos os aromas dessa sua fantástica fábrica! Acho que preciso ler mais, pra aprimorar meu vocabulário e fazer comentários à altura dos seus posts! o/

    Tô aqui, com água na boca! :D
    Beijinhos! <3

    • Lena disse:

      Manuzuita,

      Eu sou louca por compotas, geleias e doces cristalizados. Todos, claro, desde que bem feitos : )
      Suas palavras são tão alentadoras, lindas e incentivadoras, e te peço que continue comentando sim…
      Terá sempre um olhar novo ou um sentimento bom a me passar <3
      Obrigada sempre.
      Beijão

  11. gilda disse:

    Ameiiiii!!! Obrigada Lena. Bjs

  12. Magda disse:

    Voce e simplesmente fantastica. Tudo tao lindo e sofisticado. Adorei te descobrir. Parabens!

  13. Eliane Batista disse:

    Bom dia!
    Sou encantada com tudo que voce posta aqui e no IG.
    Este por do sol em forma de tirinhas entao…nossa!!!!
    Estou fazendo suas laranjinhas cristalizadas quando ficarem prontas posto no IG e te marco para vc ver a belezura.
    Obrigada por compartilhar sua cozinha conosco.
    Bom final de semana!!!
    Eliane

  14. viviane disse:

    Helena,seu blog é simplesmente maravilhoso,tenho aprendido muito com ele,voçê deve ser uma pessoa fantástica,gostaria de conhecê-la…
    Obrigada pelas maravilhas que faz!
    Viviane Mari.

    • Lena disse:

      Viviane,

      Que delícia ler suas palavras!
      Obrigada digo eu, em tê-la por aqui, e em saber que faço-me um pouquinho presente em sua casa também : )
      Seja bem-vinda, beijo

  15. Carmen disse:

    Porque o que é bom nao precisa ser apenas degustado, deve ser visto e apreciado, e o que é Lindo pode fazer a festa de nosso paladar!!!!!!
    Amoo!!

    Carmen

  16. Ana Pagani disse:

    simples, belo, delicado e com certeza delicioso…

  17. Rafaela disse:

    Helena, queria que me esclarecesse uma coisa: esse teu bolo de Nutella, se eu quiser fazer numa fôrma sem furo, tem que ser de 20, 25 ou 30 cm.

    Beijo e obrigada!

    Link do bolo: http://www.helenagasparetto.com.br/?p=2245

    • Lena disse:

      Rafaela,

      Não sei. Fiz na que tenho c/furo e não decoro medidas de cabeça.
      E tb depende de qual altura vc quer seu bolo. Qto > a forma < a alt.

  18. Adriana disse:

    Lena, há muito tempo tenho vontade de fazer essas casquinhas! Amooo como companhia do café. Mas nunca fiz por causa do tempo de preparo. Agora me animei com sua receita! Esse vai ser um projeto para o Natal, ter umas casquinhas carnudas como a sua para usar nas sobremesas, é bom que tenho tempo até lá para colocar em prática, rs. Beijos! Fotos lindíssimas como sempre :)

  19. Neusa Trento Soffiatti disse:

    Lena !

    Adoro ver as coisas lindas e gostosas e me desafiar a fazer igual. Parabéns ! Adorei !
    Sou muito doida por laranjas glaçadas e vou tentar fazer hoje com suas dicas perfeitas…Com o Natal chegando…mham mham…Beijos, obrigada por comprtilhar.
    Neusa

    • Lena disse:

      Neusa!

      EBA!
      Sou Doidinha por essas laranjinhas e qualquer esfirço é compensado pra tê-las nos doces natalinos! Sem igual!
      As laranjas glaçadas do meu primeiro post dão um maravilhoso presente também!
      Beijo!

  20. neyde disse:

    Obrigado pela receita estava procurando faz um tempão, Vou tentar fazer agora com algumas cascas que tenho na geladeira. Um grande beijo

  21. Lazara disse:

    Fiz o doce de laranja glaçadas deu muito trabalho mais ficou muito bom.

  22. [...] Na outra, o bolo com tirinhas de casca de laranja em calda. O que é um passo antes das minhas laranjinhascristalizadas. Se quiser fazer, é um casamento [...]

  23. ESTOU MARAVILHADA COM SUA RECEITA, COM CERTEZA IREI FAZER OBRIGADA POR COMPARTILHAR,

  24. claudio disse:

    Olá td bem?queria saber se fizer esse processo com as laranjas em rodelas ficariam legais?ou só servem com as cascas?

    • Lena disse:

      Claudio,

      Essa receita que vc quer é exatamente minha PRIMEIRA receita do blog!
      As laranjas glaceadas rodelas, da Fortnum & Mason!
      Olha lá!
      Beijo!

  25. Gisele Gasparetto disse:

    Chiquérrimas as laranjas glaçadas!
    Vou fazer.

  26. rita disse:

    Parabéns Helena, nunca vi tanta riqueza de detalhes. Não tem como a receita dar errado!

  27. Que bom encontrar neste mundo tão ávido por coisas processadas, pessoas que sabem o valor de uma laranja cristalizada. Ver se crio coragem para tentar as fatias….ficaram lindas!

  28. Rosangela Polli disse:

    Olá Helena
    Descobri seu blog hoje e já sou fã!!!
    O visual é lindo e as receitas maravilhosas!!!
    Tudo é elaborado com muito bom gosto, carinho e cuidado!!!
    Parabéns!!!

    Aproveitando, gostaria de saber se tens uma dica para me ajudar.
    Estou fazendo pudins pequenos (individuais) para comer na própria forma de
    alumínio, só que faço caramelo (aquele que açucara), quando terminamos de
    comer fica uma camada açucarada.
    Tens alguma receita ou alguma dica de calda de caramelo?
    Não gosto quando sobra açúcar na forminha.

    Obrigada!!!
    Bjss

    • Lena disse:

      Rosângela,

      Faça o caramelo com água e açúcar até cor de caramelo, em vez de açucar queimado. Gruda menos.
      Mas pra ficar mais bonito, faça um caramelo separado e coloque por cima depois de desenformado.
      Beijo

  29. Joyce disse:

    Adoro essas casquinhas, obrigada por publicar a receita.

    Eu gostaria de tirar uma dúvida, só utilizamos o açúcar de confeiteiro para envolver as casquinhas? Na etapa em que colocamos o açúcar, água, limão e cozinhamos a casquinha o açúcar é o comum? Apesar de ter feito tudo com o açúcar de confeiteiro, gostaria de tirar essa dúvida.

    Obrigada!

  30. Marina disse:

    Estava procurando exatamente esta receita.Obrigada, vou tentar fazer .

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>