Categorias

Receitas

Comfort food, Conversas doces, Mingaus

Curau de milho verde

Curau de milho verde

Sim, eu sei que “curau” é de milho verde.

Mas o nome inteiro do doce, para mim fica mais belo. Como se fosse nome completo. Com sobrenome. Bonito.

Eu nem ia fazer este post…apenas fui no hortifruti pertinho de casa pra comprar algumas espigas de milho bem fresquinhas  que iriam virar curau, para uma visita querida.

Voltei pra minha cozinha, cortei pacientemente as espigas, vendo os grãos de milho caindo no prato como pérolas…

Depois liquidifiquei tudo, mexi na panela, sentindo o aroma do caldo do milho e o leite engrossando e tomando corpo e perfume, à medida que se transformava em dourado forte, contrastando com o cinzento dia que faz em São Paulo desde ontem…

Hummmm… a panela fumegante. Fui ao meu quartinho das louças, e escolhi uma travessinha oval, de faiança com bordas em alto relevo. Um tanto “provençal”, mas era o que eu queria, e despejei o rio dourado e fervendo. O pouco mais que sobrou, e coloquei em duas outras tacinhas, e devorei, confesso, na mesma hora. Não sem antes polvilhar uma chuva de canela em pó, me fazendo feliz por demais. Porque preciso de canela. Sem ela não sou feliz : )

Olhei para a travessinha de curau, e resolvi que embora simples é um doce tão delicioso, e justamente, rápido – e descomplicado – que mereceu ser publicado.

Esta época do ano pede isso, e comigo não é diferente.

Milho… um alimento dos deuses. Amém!

 

Tempo de preparo: 40 minutos
Porções: 6, bem servidas

Ingredientes:

– 5 espigas de milho
– 5 xícaras de leite
– 1 xícara de açúcar
– ½ colher (chá) de sal
– canela para polvilhar

– Lave e seque as espigas.
Num prato raso porém grande, apoie verticalmente cada espiga, sobre a extremidade mais larga.
Com uma faquinha de serra, vá cortando de cima a baixo, soltando os grãos.
A cada 2 ou 3 espigas cortadas, coloque os grãos numa tigela. Continue com as outras espigas. Isso é para ter espaço no prato.
No copo do liquidificador, coloque metade do milho, metade do leite, o açúcar e o sal. Bata bem.
Passe por uma peneira diretamente sobre uma panela de fundo grosso, espremendo bem para extrair todo o líquido. Descarte as casquinhas dos grãos.
Liquidifique a outra metade dos grãos e o leite restante, e repita o processo (eu fiz assim para não sobrecarregar o liquidificador). É melhor.
Leve a panela ao fogo médio, até começar a borbulhar. Em seguida abaixe a chama, e com uma espátula de silicone ou de plástico, continue mexendo por uns 10 minutos, até que o curau cozinhe bem e sua cor transforme-se num vivo amarelo.
Retire do fogo e espere uns minutos para colocar numa travessa, ou em porções individuais.
Depois de morno, polvilhe com canela.
Sirva quente, morno ou frio!

=========

Dicas da Lena:

– Para que a espiga fique bem firme, de pé, no prato, e não escorregue, corte a extremidade mais larga, para que fique bem reta.

– Se gostar mais doce, pode colocar mais açúcar. Isso é gosto pessoal. Prove durante o cozimento.

– Amorne ou aqueça no microondas, para quem gosta quentinho. Eu adoro!

– Se quiser um curau mais firme, de desenformar, diminua 1 xícara de leite na receita. Quando estiver gelado, ficará firme. (Eu prefiro assim, cremoso)

 

Print Friendly, PDF & Email

Posts Relacionados

62 Comentários

  1. Henrique Brandão (@ikegalli)

    Amém!

    1. Lena

      Óóóównnn, Henrique.
      AMém!

  2. Lúcia Antares

    O que seria mais lindo e delicioso? o curau ou seu texto?

    Clap clap
    Beijinho

    1. Lena

      Lúcia,

      Obrigada!!
      Beijo

  3. Janaína Ferreira

    Nuuussssa, já sei qual vai ser a primeira festinha junina aqui.
    E vai começar neste finde!!!
    Muito fácil, muito!
    Auqe palavras doces..
    Beijão, Lena

    1. Lena

      Janaína,

      Isso! Começa djá!
      Beijo

  4. Cae Fernandes

    Quem ama cozinhar entende perfeitamente pq esse momento inspira poemas…
    Senti o aroma daqui…rs
    Bjooos.

    1. Lena

      Cae… querida..

      Tem poesia melhor que essa?
      ; )
      Beijo!

  5. Lívia Silva Santos

    Oi Helena!

    Eu sou de Santos/SP e nunca tinha comido curau lá. Fui experimentar só em São Joaquim da Barra/SP (perto de Ribeirão Preto). Um dia comentei com minha sogra que estava com vontade de comer curau bem mole, tipo mingau, e ela falou “É pra já!”. Fomos na “avenida” da cidade, compramos as espigas frescas de um tiozinho que fica lá só vendendo isso. Voltamos para casa e ela tinha todos aqueles aparatos de sítio para fazer o tal curau. Foi um trabalho em equipe, cada um da família cuidando de uma etapa do preparo!

    Quando ficou pronto, que delícia! Aquele curau molinho e quentinho! É uma bela recordação que tenho!

    Beijos!
    Lívia

    1. Lena

      Oi Lívia!

      Desculpe a demora em responder, mas não sei o que aconteceu; só li agora.
      Devo ter aprovado do iphone sem perceber : (
      Seu comentário me deixa muito feliz, pois me lembra as pamonhas que minha avó fazia, sentada à máquina de costura, costurando as palhas de milho.
      E quantas vezes, na minha infência, ela fazi curau na casa de praia dela, em ~Santos, quando passavamos as férias : )
      Boas lembranças mesmo!!
      Beijão

  6. Cinara

    Lena do céu….
    Que maravilha dos deuses é essa que nos presenteou…
    Amo curau, sempre que posso compro e sempre achei que fosse uma sobremesa dificílima.
    Com sua receita parece muito simples.
    Esse final de semana o nível de açúcar aqui de casa será alto…Bolo de nutella e Curau de Milho Verde…
    Assim vc. me mata…kkk
    Bjs

    1. Lena

      Cinara, queridona!

      Opa! Não parece; é simples!!

      Bom demais.
      Beijo!!

  7. Lu Cupido

    Lena,
    Que milho é uma coisa dos deuses eu também concordo. Adoro!
    Mas essa sua receitinha não fica atrás… que post divino. Amém…

    Obrigada por compartilhar.

    Beijo e um ótimo final de semana

    1. Lena

      Lu,
      Doces assim estão no nosso DNA brasileiro.
      Em junho um curau é tudo : )
      Beijo!

  8. Cláudia Vieira

    Lena,

    Uma gostosura com palavras lindas, a época certa, o doce fácil.
    Com que mais você poderia nos presentear?
    Beijão, obrigada

    1. Lena

      Cláudia,

      Que bom ler seu comentário numa manhã de sexta!
      Esse é meu presente : )
      Beijo

  9. Karen Santiago

    Puxa Lena!

    Essa semana procurei em vários lugares uma boa receita de curau pra fazer no fim de semana!
    Nem preciso dizer que encontrei, e já sei que fará sucesso! Que bom, é pra amanhã.
    Beijos

    1. Lena

      Oi Karen,

      Pois é, parece que algumas pessoas queriam mesmo essa receita. Bacana!
      ; )
      Beijos

  10. Adriana - Casa, Coisas e Sabores

    Amo, amo, amo! Milho é mesmo um alimento divino, não à toa é base alimentar de vários povos. Curau feito do milho da espiga, daquelas bem boas e amarelinhas, não tem comparação. Ainda não achei espigas boas por aqui, ainda estão descoradas, rs, mas junho chegou e espero que isso melhore, rs. Adorei as dicas, principalmente para a espiga ficar em pé. Beijos!

    1. Lena

      Adriana,

      Verdade… se as espigas estiverem muito pálidas, o curau não só não sai com a cor bonita, como o sabor é mais fraco.
      Mas você vai encontrar!
      Beijo, obrigada

    1. Lena

      Eu também, Lu!
      Beijo!!

  11. Rafaela

    Lena,

    Só você para conseguir através de um blog nos transportar completamente para uma experiência sensorial e poética.

    Sempre digo que cozinhar é coisa de Deus.

    Um beijo!

    1. Lena

      Rafaela,

      Amém, Rafaela.
      Obrigada, sempre! : ))
      Beijo

  12. Rose

    Lena, vou experimentar amanha mesmo! Vindo de você deve ser um manjar dos deuses! Mudando rapidamente de assunto, preciso de uma informação: qundo você faz cupcake que forminha vc usa? Eu já tentei fazer com umas forminhas da Wilton que comprei no site barra doce, mas meus cupcakes fficaram com gosto de papel. Beijo

    1. Lena

      Rose,

      Isso, experimente!! É delícia!
      So uso forminhas da Wilton, e nunca ficaram com gosto de papel… risos.
      Beijo!

  13. Rafaela

    Lena, você tem alguma receita boa de pé-de-moleque? Aqui, em Pernambuco, pé-de-moleque é um bolo tradicional das festas juninas.

    Se tiver, por favor, passa para mim.

    Esse ano eu fazer esse bolo tem um ato simbólico muito importante.

    Minha mãe faleceu no mês passado, e sempre fazia o melhor do mundo, sendo que agora não tem como mais, né?

    E como ela fazia tudo de cabeça e não me ensinou, eu não tenho como reproduzir um.

    Enfim, estou te pedindo porque sei que sabes o valor afetivo de uma comida, por mais simples que seja.

    Culinária de mãe é patrimônio afetivo eterno. E cabe ao filho tombar e cuidar.

    Um beijo!

    1. Lena

      Querida Rafaela,
      Sinto imensamente pela sua mãe : (
      Nenhuma palavra que eu dissesse, serviria…
      Sei, sim o valor afetivo da comida e dos doces.. mas para isso seria preciso que fizesse parte da minha memória afetiva, e infelizmente, eu nunca comi o bolo pé-de-moleque.. talvez por ser muito regional, e eu nasci em SP, e cresci em Curitiba e Belém.
      Pra eu fazer o bolo, eu teria que pesquisar no Google, e testar as receitas.
      O que até posso, alguma hora…
      Mas a receita, eu não tenho.
      Grande beijo e fica com Deus!

  14. Rafaela

    Querida Lena,

    Muito obrigada pelas suas palavras, viu?

    Eu vou procurar receitas e testar…

    Qualquer coisa me comunico com você.

    Um beijo!

  15. Marisa

    Nossa, Lena. Que maravilha é um curau de milho verde cremoso e quentinho.
    Nesse feriado vou fazer prá alegrar ainda mais a vida da família.
    Obrigada sempre por suas receitas.
    Bjos,
    Marisa

    1. Lena

      Marisa querida,

      E não sei onde você mora? Mas em SP vai fazer frrrio e chuva : ))
      Bom pro curaru, e pra gente!
      Beijo!

  16. Martina

    Sabe,Curau não é necessariamente de milho.Embora eu não saiba a receita,já comi curau de abóbora e achei delicioso,não perde em nada para a versão tradicional que todo mundo ama.

    1. Lena

      Martina,

      Curau é, sim um doce feito à base de milho, leite e açúcar. E essa é a sua denominação.
      Qualquer variação é apenas uma licença gastronômica a ele. O de abóbora seria um “falso curau”.
      Assim como chamar de “brigadeiro de coco” ou de “amendoim”, ao brigadeiro.
      Que, originalmente, é de chocolate.

  17. marisa

    Lena, moro em Belo Horizonte.
    O tempo aqui está variando um pouco, ora frio, ora quente…
    Espero um feriado mais ameno, mas não importa o tempo, vou fazer o curau porque o seu me deixou com água na boca. rsrsrs.
    Bjos

    1. Lena

      Coisa boa, Marisa!
      Beijo!

  18. Ana Dietze

    E N C A N T A D A! Com o amor que dedicas, com as receitas deliciosas, com a linguagem que nos aproxima da sua cozinha! Amei, obrigada por ter me presenteado hoje com este site maravilhoso!

    1. Lena

      Ana!

      OBRIGADA!

      Esse é o reflexo da minha paixão.
      Bem-vinda!
      Beijo

  19. Izys

    Que Mãos de Fada Helena,Que Deus continue as abençõando.
    Eu já amava cozinhar,Agora então que descobri seu blog hummm vou ser obrigada a passar bem longe das balanças…rs

    Parabéns Querida
    Beijos 🙂

  20. elza

    RECEITA FACIL E DELICIOSA!! PARA MIM FICA DIFICIL ENCONTRAR ESPIGAS
    DE MILHO AONDE EU MORO E E MUITO CARO!!! , ENTAO EU FACO COM LATA DE MILHO COMPRADA EM SUPERMERCADO. OU
    CONGELADA, FIZ ONTEM E FICOU DELICIOSA E JOGUEI CANELA POR CIMA HUMMM!!! E CLARO, QUE COM A ESPIGA SERIA DIVINO, MAS PARA MIM FICOU BOA TAMBEM.
    ADORO O SITE DA HELENA!!! grande abraco.

  21. Letícia

    Oi, Lena! Graças a você e à sua receita tão bem explicada, consegui perder uma birra de mais de 30 anos com curau, que eu até então detestava.

    Obrigada por ter feito este post. Meus bebês, fãs de curau desde já, também agradecem 🙂

    Beijos e boa semana!

    1. Lena

      Oi Letícia,

      Coisa boa saber disso viu? Testei algumas vezes e acho que ficou uma delícia!
      Beijos em todos

  22. Stefane clara Batista Araújo

    Lena, há pouco tempo descobri você por acaso, mas desde já passei a amar suas receitas, enquanto não li todas, não quetei. Parabéns q Deus continue te inspirando! Beijo

    1. Lena

      Amém, Stefane, Amém!!!
      Beijo

  23. patricia susin bellagamba

    Oi boa noite
    Tenho uma loja de derivados de milho em bertioga. litoral de são paulo
    E vou tentar fazer o seu curau
    Depois volto para te contar
    bjs att Patricia

  24. Eliana Pimenta

    Quando uma amiga comentou sobre suas receitas, imaginei vc uma senhorinha, mas me surpreendi quando vi sua foto, pois vc é muito jovem e bonita e não tem cara de quem tem intimidade com a cozinha. Fiquei encantada com seu blog. Amei as receitas, o capricho, as louças, além do jeito carinhoso com que fala de cada uma delas. Todas tem uma historinha. Isso é lindo, sai do padrão muito objetivo e apressado tão comum. Demonstra carinho, dedicação, o fazer com prazer. Parabéns! Minhas amigas dizem que sou assim também, acho que por isso me senti em casa, parece que já te conheço há tempos. Fiquei sua fã. Beijos,
    Eliana

    1. Lena

      Que delícia Eliana!!!!
      É isso mesmo,
      Um cunversê aqui, outro acolá, e a gente vai se encantando né?
      Venha sempre tomar um cafezinho aqui!
      Beijo

  25. Giannina

    Fiz agora seguindo sua receita e ficou maravilhoso! Eu pensava que curau era super difícil de fazer!!! Obrigada por ensinar com os detalhes! Bjoos

    1. Lena

      Ai que legal saber disso Giannina!!!
      Beijo, volte sempre!!

  26. AILTON DE FARIA SIQUEIRA

    Quando eu morava no Espirito Santo-Vitória, e ainda era moleque, adorava e ainda adoro papa de milho, hoje chama-se curau. Gente papa de milho é uma delícia. Quem não provou ainda prove e verá que é muito bom.

    1. Lena

      Ailton,

      Tão boas essas lembranças não é?
      Obrigada, beijo

  27. Elizabeth de Almeida

    Quem disse que a gente não come com os olhos??

    Que belezura este curau de milho verde!

  28. Patrícia

    Lena, que coisa mais linda a forma com que vc trata o assunto “cozinhar”! Mesmo quem não tem intimidade com o assunto de apaixona.
    Me tire uma dúvida por favor, essa delicia pode ser feita com milho em lata? E quais seriam as proporções?
    Desde já eu agradeço e te parabenizo. bjs♥

    1. Lena

      Não, Patricia…

      O milho cru vai cozinhar e engrossar com seu amido. O delata não engrossa.
      Beijos

  29. João Bosco Araujo Nunes

    Vou fazer hj ainda, não dá pra esperar rsrsrs

    1. Lena

      Beijo, João!

  30. Maria Inês

    Lena…que linda a sua receita…poética e doce…porque não escreve poesias…tente…Será mais um presente para nós! Beijos

  31. Silviane Marotti

    Você fez uma papa de milho virar uma poesia! Me deu vontade de fazer esta obra de arte e servir aos hóspedes do hotel da minha mãe…

    1. Lena

      Ainn… marejei os olhos Silviane….

      Beijão

  32. Danielle

    Caruaru??ham..Eu até hj só conhecia como papa de milho,mas ta valendo,não entendendo o motivo do nome,parabéns areceita e bem esclarecedora,e vc e mmmuuuiii simpática pode se disser de cara.bjs.

  33. Adriana Machado

    MEU DEUS.
    Sua receita me deu água na boca.
    E agora 23.30 horas aqui estou eu colando em prática.

  34. Maria Tereza

    Lena, a gente fica sem palavras sabe?
    Tudo é muito lindo em seu blog, o seu amor
    gentilmente depositado em tudo que você faz
    é bênção divina, compartilhada conosco, deixando
    nossa vida mais bonita e feliz. Obrigada!!!

    1. helenagasparetto

      Ô Maria Tereza,

      Muito obrigada pelas lindas palavras <3
      Vou dormir mais feliz hoje!
      Beijo

Deixe uma resposta

*

Campos obrigatórios marcados *