Mais uma daquelas receitas vapt-vupt pra gente : )

E ainda por cima é SEM GLUTEN!

 

Eu adoro Bolo de milho; bolo de fubá e tudo que é de milho.

1 - FullSizeRender

Testei semana passada esta receita FACÍLIMA e amei demais!

Tem tudo de praticidade e gostosura na receita: é fácil, rápido, suja somente o liquidificador e a forma do bolo, fica úmido, delicioso com o sabor do mel acrescentado, e estamos ainda em junho.

Então resolvi compartilhar com vocês esta, que achei uma maravilha. Como nem sempre texto receitas sabendo se vai virar post, às vezes fotografo pouco, o que é este caso.

2 - FullSizeRender

Mas nada que impeça de dizer que vale muuuito a pena fazer.

Com a  certeza de que repetirei muitas vezes ao longo do ano!

Se não gostar de erva-doce, coloque raspinhas de laranja ou limão!

 

Sem mais delongas, vamos Lá:

 

Para 10 boas fatias:

 

 

Ingredientes:

 

Do bolo:

 

– 1 lata de milho verde (1)
– 1 medida da lata de milho, em leite integral
– 1 medida da lata de milho, em açúcar
– 1 medida da lata de milho, em “Flocão” de milho  (2)
– 1/2 medida da lata de milho, em óleo de milho
– 4 ovos
– 1 colher (sopa) de erva-doce
– ½ colher (chá) de sal
– 1 colher de sopa de fermento em pó

 

Para regar o bolo:

 

½ medida da lata, em mel

 

Preparo do bolo:

 

Pré-aqueça o forno a 170 graus centígrados.

 

Unte e polvilhe com açúcar uma forma de bolo de buraco no meio. Reserve.
No liquidificador, coloque Todos os ingredientes MENOS o fermento em pó.
Bata até virar um creme.

Acrescente o fermento em pó e coloque no “pulsar” por 3 vezes, apenas para misturar.
Despeje na forma e leve ao forno por cerca de 45 minutos ou até enfiar um palito e sair limpo.

 

– Do mel:

 

– Aqueça o mel – sem ferver – numa panelinha ou numa jarrinha de vidro no microondas (cerca de 30 segundos)
Despeje sobre o bolo.
Está pronto pra ser devorado com um café!!!

=========================

 

Dicas da Lena:

 

(1) – Usei o milho da “Bouduelle”, importado da França, lata de 300 grs. Acho que esse milho é bem mais macio que os outros, mas qualquer um vale –  bata bem no liquidificador junto com os outros ingredientes.

(2) – Essa receita é para ser feita com o “Flocão” de milho – encontra-se facilmente em supermercados.

Não é fubá; não é farinha de milho. São flocos pré-cozidos maiorzinhos do que fubá (aquele de fazer cuscuz nordestino).

  • Porque vai o mel, a quantidade de açúcar pode até ser diminuída na massa, se desejar. Mesmo assim não é tanto açúcar.
  • Na hora de colocar o fermento no liquidificador, não bata mais do que o recomendado na receita.
  • No dia seguinte o bolo estará ainda mais úmido – quase molhadinho – por conta do milho, do óleo e do mel regado! Uma delícia.

 

Print Friendly, PDF & Email