Sabe aquele bolo com cara de super caseiro, cuja cobertura de brigadeiro escorre como uma negra cascata pelas bordas, formando um “laguinho” nas beiradas do prato? Que enche os olhos e saliva a boca?

Aqui eu desenvolvi uma receita para a massa ficar beeem úmida, sem regar com nenhum tipo de calda.

Andei lendo e pesquisando livros de “puddings” (sobremesas inglesas), e cheguei à conclusão que aquela finalização de água fervendo na massa, que tem a condição de cozinhá-la, antes mesmo de assar – poderia acontecer também num bolo – sobretudo no de chocolate.

Aerado e mais leve do que um brownie (já que este não leva líquidos nem fermentos – e o bolo sim); ao mesmo tempo molhadinho por si só – eu fiquei fã dessa receita!

Resolvi rechear e cobrir com as coisas mais simples que todo mundo sabe fazer e adora: brigadeiros!!

Pra constrastar, o do recheio é branco. Com uma proporção de creme de leite, quebrando o dulçor extremo. Ao mesmo tempo, um pouco de chocolate branco derretido, para dar mais firmeza ; )

O que sei desses anos todos de cozinha, e principalmente de receber queridos em minha casa, enquanto a boa conversa corre solta, entre uma garfada açucarada e outra – entremeadas de golinhos de café, água, vinho ou espumante – é que o açúcar une, agrega, aquece, aplaude … ao mesmo tempo em que solidifica relações e momentos pra se lembrar no futuro.

Uma fatia de bolo, um pratinho de sobremesa bonito, um café sendo passado na hora, sorrisos e emoções, são impagáveis porque a alma pede olhares cúmplices e felizes, enquanto a barriguinha agradece o prazer do carinho.

O tempo que se leva na cozinha, é o melhor tempo do mundo. Porque ele está esperando por alguém especial.

E, como falo sempre: é isso que vale a vida.

Né, gente? ; )

Vamos ao bolo?

Ele fica “craquelê”, assim mesmo, na superfície

 

Ingredientes:

do bolo:

– 2-1/2 xícaras de farinha de trigo peneiradas com
– 1 xícara de cacau em pó
– ½ colher (chá) de sal
– 2 colheres (chá) de fermento em pó
– 1 colher (chá) de bicarbonato de sódio
– 3 ovos grandes
– 2 xícaras de açúcar
– 150 grs de chocolate meio amargo, picado (pode ser 50 ou 70%)
– 2/3 de xícara de manteiga ou margarina em temperatura ambiente, sem sal
– ¼ de xícara de óleo
– 2 xícaras de água fervente

do recheio de brigadeiro branco:

– 2 latas de leite condensado
– 1 lata de creme de leite sem o soro
– 1 colher (chá) de baunilha
– 1 colher (sopa) de manteiga sem sal
– 100 grs de chocolate branco, picado

da cobertura de brigadeiro meio amargo:

– 1 lata de leite condensado
– ½ xícara de água
– 1 colher (sopa) de manteiga sem sal
– 2/3 de xícara de cacau em pó
– 50 grs de chocolate meio-amargo (50% cacau), ou ao leite
– 1 colher (sopa) de “Karo” (opcional – é para dar mais brilho à cobertura)

Preparo:

do bolo:

Pré-aqueça o forno em 170°C.
– Unte com manteiga uma forma redonda de +- 25 ou 26 cm de diâmetro. Forre com papel manteiga. Unte novamente e enfarinhe. Reserve.
– Numa tigelinha de vidro, leve o chocolate picado ao microondas, potência MÉDIA, por cerca de 2 minutos. Retire, mexa. Se ainda não estiver derretido, volte ao micro por mais 30 segundos, potência MÉDIA. Reserve.
– Peneire todos os ingredientes secos e reserve.
– Leve ao fogo numa chaleira, as duas xícaras de água para ferver (ou, ferva no microondas)
– Na batedeira, bata a manteiga com o açúcar e os ovos. Acrescente o óleo, o chocolate derretido. Bata mais até incorporar. Aos poucos, adicione os ingredientes secos e peneirados.
– Limpe as bordas da tigela da batedeira com uma espátula de silicone. Ligue a batedeira na velocidade mínima e por último, coloque a água fervendo. Apenas misture. A massa ficará meio líquida.
– Despeje a massa na assadeira preparada e leve ao forno.
– Após os primeiros 20 minutos, baixe a temperatura para cerca de 160 graus e deixe assar por mais 30 minutos, ou um pouco mais (até enfiar um palito e sair limpo)
– É uma massa bem leve e que demora para assar. Ela vai craquelar um pouco por cima e depois de assada (vide foto abaixo), o centro “murchará” um pouco. Normal.
– Deixe esfriar completamente para poder cortar no meio e rechear.

do recheio de brigadeiro branco:

– Coloque todos os ingredientes numa panela, mexa sem parar em fogo brando, até um ponto cremoso (depois de frio, ele firma mais, por causa do chocolate branco).
– Recomendo fazer o teste do pires: Coloque uma colher de chá do doce num pires que já estará no freezer. Desligue o fogo enquanto o pires estiver no freezer, com o doce, por volta de 2 minutos.( O ponto da cremosidade deve ser o que se possa espalhar no bolo, sem ficar firme demais – senão você terá problemas na hora de cortar as fatias)
– Coloque o recheio num prato e deixe amornar para aplicar.

da cobertura de brigadeiro meio amargo:

– Coloque todos os ingredientes numa panela e ferva até o ponto cremoso (um pouco menos do que o do recheio). O chocolate derretido também ajudará a firmar a cobertura depois de fria.

Montagem:

Desenforme o bolo sobre uma mesa.
Corte ao meio. No prato de servir, coloque a parte inferior, espalhe o brigadeiro branco (se quiser, reserve um pouquinho para a decoração) e por cima, a outra metade do bolo.
Por cima, espalhe a cobertura do chocolate escuro, ainda um pouco quente, para escorrer pelas bordas (nesta receita, a idéia é essa mesmo: deixar escorrer)
Sirva gelado ou em temperatura ambiente.

=========================

Usei o meio amargo da Lindt, tanto na massa quanto na cobertura – mas vai também cacau em pó, lembre-se ; )

Dicas da Lena:

– Pode usar chocolate em pó se não tiver o cacau em pó, porém não ficará tão escuro.
– Se utilizar o cacau em pó na cobertura, o chocolate deverá ser ao leite, e não meio amargo, para que não fique tão amarga. Mas é questão pessoal. Ajuste ao seu gosto.
– Este é um bolo bem úmido. Recomendo cortar ao meio; não em mais camadas, senão ficará muito difícil a “operação”.
– O brilho da cobertura escura deve-se à manteiga e ao “karo” (glicose de milho). Como muita gente não tem “karo” em casa, pode usar só a manteiga.
– Eu servi o bolo em temperatura ambiente, e também gelado. No segundo caso, retirei da geladeira por 20 minutos e cortei. Achei mais fácil assim e a fatia ficou mais bonita : )
– Se somente adultos forem comer, pode regar tanto o bolo, quanto acrescentar um pouco de conhaque ou rum na cobertura.

– Coloquei algumas framboesas frescas para contrastar sabores e cores. Pode colocar morangos ou até kiwi!

Print Friendly, PDF & Email