Este é um post especial. Na verdade, em agosto o Blog fez 3 anos, e eu não comemorei…

Pensei em fazer um bolo, mas coisas aconteceram e acabei nem anunciando o aniversário.

Semana passado eu estava no Rio, e fui encontrar uma amiga do facebook, que pessoalmente ainda não conhecia, mas que há meses conversávamos e eu já sabia que ela era uma pessoa muito especial.

Ganhei um presente tão lindo, e fiquei tão feliz – não somente pelo presente – mas pelo gesto de carinho, pela delicadeza dela ter comprado um bule de chá belíssimo, e guardado, esperando minha próxima ida ao Rio, pra me entregar.

Foi um encontro rápido; um café num fim de tarde, meio de semana.

Mas intenso de conversa, sorrisos, trocas e carinho. Quando a Cláudia me entregou a caixa, abri sem sequer imaginar que os meus chás daqui pra frente teriam um novo protagonista: um bule que pareceia ter saído do livro de “Alice no país das Maravilhas”!

Ela observou que sempre posto, se não aqui no blog – nas redes sociais – fotos com chás pra receber pessoas queridas, ou até mesmo nos meus momentos de paz no meio da tarde, sozinha e feliz : )

Sempre acho que uma pessoa que repara nos gestos da outra para procurar um presente que lhe encante, merece todo meu respeito e admiração. Identifico-me com isso, porque sou assim também. Às vezes uma frase, uma conversa rápida me dá uma dica das preferências de alguém.

Voltei pra São Paulo toda pimpona com meu bule novo, e certa de que faria uma receita que há anos queria repetir; que adoro, mas nunca mais havia feito… e decidi pela Linzer Torte.

Fui à Áustria só uma vez na vida. E já havia comido umas poucas vezes a Linzer aqui no Brasil, mas naquela confeitaria tão linda, me prometi testar essa receita em casa. Fiz duas vezes, e nunca mais…

Esperando o forno

A receita original leva avelãs na massa. Eu amo e tenho sempre em casa, mas resolvi fazer a versão (também muito encontrada), com amêndoas porque acredito ser mais fácil de encontrar em quase todo o nosso país.

Processar as amêndoas até uma farinha

Além disso, eu sabia que um dos meus chás preferidos – 0 inglês, de frutas vermelhas – harmonizaria com perfeição. E assim, inaugurei meu lindo bule : )

E assim, comemoro 3 anos do Blog! Com tudo que mais adoro: chás, louças, torta, framboesa, e amor.

Porque só com muito amor é que cheguei até aqui e a vida me permitiu conhecer pessoas tão queridas.

Agradeço a cada um de vocês por virem aqui me prestigiar; fazerem meus doces, me incentivarem, comentarem, e me deixarem recados de carinho!

Muito obrigada!

Ah! Nunca comentei isso – mas meu blog recebe uma média de 60 a 70.000 visitas por mês > cerca de mais de 2.000 por dia!

Isso é pra comemorar, não é?

Beijo grande!

Obrigada, Claudinha : )

(Para 8 fatias generosas..)

 
Ingredientes:

Para o recheio:

– 400 grs de framboesas congeladas
– 1 xícara de açúcar

Para a massa:

– 1-1/2 xícara de farinha de amêndoas
– 1-1/2 xícara de farinha de trigo peneirada
– 1 xícara de açúcar
– 1 ovo pequeno
– 1 tablete ( 200 grs) de manteiga sem sal
– raspas de um limão
– ¼ de colher (chá) de sal
– 1 colher (chá) de baunilha

Para pincelar:

– 4 colheres (sopa) de leite
– açúcar cristal fininho ou comum, para polvilhar

Preparo:

do recheio:

Numa panela coloque as framboesas congeladas e o açúcar.
Leve ao fogo médio até começas a ferver, mexendo sempre. Abaixe o fogo e continue a mexer de vez em quando, por cerca de 20 minutos, ou até que a framboesa evapore quase todo o líquido e encorpe, formando uma geleia. Passe para um recipiente de vidro e leve para esfriar na geladeira, enquanto você prepara e assa a massa.

da massa:

– Se não encontrar farinha de amêndoas, passe amêndoas levemente tostadas numa frigideira ou forno (e resfriadas), por um processador, em duas vezes, para não sobrecarregar o processador. Para ajudar a refinar as amêndoas, processe juntamente com ¼ de xícara da farinha de trigo da receita da massa, em cada metade. (o restante da farinha você coloca ao fazer a massa – perfazendo 1-1/2 xícara no total).
– Na tigela da batedeira, coloque a farinha de amêndoas, a farinha de trigo, o açúcar, as raspas de limão e o sal. Bata por alguns segundos para misturar.
– Acrescente a manteiga em pedaços e bata até que forme uma espécie de “farofa”. Coloque então o ovo e a baunilha e bata até a massa unir.
– Divida a massa em duas partes (uma um pouco maior que a outra). Embale em plástico filme e leve à geladeira por cerca de 1 hora.
– Pré-aqueça o forno em 170 graus.
– Coloque um pedaço de papela manteiga sobre uma superfície. Retire a massa de quantidade maior da geladeira e coloque sobre o papel manteiga. Sobre a massa, coloque outro pedaço de papel manteiga e com o rolo de massa, estique-a até fica de diâmetro um pouco maior do que a forma baixa de fundo removível.


– Posicione a forma ao lado da massa aberta, retire o papel manteiga de cima (foto), e com as duas mãos, leve rapidamente o papel para a forma, de maneira que a massa fique por baixo, para preencher o fundo e as laterais da forma (foto).

Pressione a massa com as pontas dos dedos (ainda com o papel), ao redor dos cantos e laterais da forma. Retire o papel com cuidado, e com uma faquinha, retire das bordas o excesso de massa (pode reutilizar ou fazer biscoitinhos se sobrar).

Transfira a massa para a forma, ajeite, e retire o papel de cima

– Espalhe a geleia sobre a massa (foto)

– Abra a outra parte da massa entre 2 folhas de papel manteiga como acima. Com um cortador de pizza corte em tiras iguais (foto).


– Com uma espátula de confeiteiro ou uma faca comprida, transfira cada tira para cima da torta formando uma treliça (foto).

Esperando o forno

– Pincele as tirinhas com leite e polvilhe com o açúcar (foto).
– Leve a torta por 15 mn ao freezer e em seguida ao forno por cerca de 50 minutos (abaixe o forno após 15 minutos).
– Deixe a torta esfriar completamente para desenformar.

============

Dicas da Lena:

– A forma que usei tem 4 cm de altura e 24 cm de diâmetro. Pode usar um pouquinho maior que isso. Para esse tamanho, sobrou um pouquinho de massa e fiz biscoitinhos.

– A geleia pode ser feita com até 15 dias de antecedência. Guarde num vidro na geladeira. E pode utilizar geleia comprada se preferir.

– Como expliquei, a Linzer Torte é feita também com avelãs. Também deverá tostá-las um pouco, antes de processá-las.

– Eu esperei a torta esfriar completamente (depois de 2 horas em temperatura ambiente, eu coloquei na geladeira). Depois de fria, usei uma espátula de metal larga  pra retirar do fundo falso (a forma que usei tem fundo falso).

– Essa torta congela perfeitamente por até 3 meses. Já é uma boa ideia pra fim de ano. Café da manhã de Natal, presente, etc.

– Na receita original vai um pouquinho de canela na massa, que aqui omiti. Se gostar, pode usar.

 

Print Friendly, PDF & Email