Uma das coisas mais gostosas desta época do ano são minhas lembranças dos aromas de especiarias: cravo, canela, noz-moscada, gengibre, laranja – nada é igual…

Amo pão de mel em todas as suas nuances: tipo bolo, biscoito, gingerbread cookies, ou como este, recheado e coberto de chocolate.

Um deles fiz tamanho mini bolo e servi em fatias no chá : )

Pra quem adora cupcakes e não consegue passar sem, a dica boa é que pode fazer também nas forminhas e rechear/cobrir com doce de leite ; )

É uma arte que leva algumas etapas, e requer um pouco de tempo e paciência. Mas somados ao imenso prazer de dar forma e sabor à essas belezuras – ainda com a vantagem de servir como mimo a convidados, ou presente aos queridos – o resultado é uma delícia de fazer! A diversão é parte disso tudo: da intenção, do carinho, da apresentação bonita e das nossas memórias afetivas.

O perfume que a casa inteira fica quando está no forno… e a tortura que é deixá-los em série, em cima da grade, esfriando para receber o recheio?

Vou confessar: naquela hora, eu não resisti: fiz um café fresquinho, e fui lá pra varanda apreciar o mundo e pensar na vida, enquanto devorava dois deles… puros, com café. Na”vitrola”, alguns CDs de músicas natalinas (sim, sou dessas…) e deixei as coisas boas da infância passearem pela minha mente, enquanto bebericava meu café e relaxava merecidamente, até a próxima etapa desses bocados de felicidade: recheá-los.

Um dia aprendemos a comer, tempos depois aprendemos a lembrar…

Agora… é hora de aprender a fazer ; )

 

Cerca de 30 a 40 pães de mel (dependendo do tamanho da forminha)

Ingredientes:

do pão de mel:

– ½ xícara de manteiga ou margarina sem sal
– ¼ de xícara de açúcar mascavo espremido com uma colher (p/medir)
– 1 ovo
–  2/3 de xícara de leite

– 3/4 de xícara de mel

– 1 colher (sopa) de canela em pó
– 1 colher (chá) de cravo em pó
– 2 colheres (chá) de gengibre ralado
– ½ colher (chá de sal)
– 2 colheres (chá) de fermento em pó
– 2 xícaras de farinha de trigo

do recheio:

– cerca de 500 a 600 grs de doce de leite

da cobertura de chocolate:

– 700 grs de chocolate meio amargo 50% cacau, picados

Preparo:

Pré-aqueça o forno a 170°C

Na batedeira bata em creme a manteiga com o açúcar mascavo. Acrescente o ovo, bata até misturar. Coloque o mel, bata novamente. Acrescente o leite, bata em velocidade baixa por 1 minuto. Raspe as bordas da tigela com uma espátula.
Acrescente o gengibre juntamente com todos os ingredientes secos peneirados.
Divida entre forminhas próprias para pão de mel, ou de empadinhas, untadas com manteiga bem amolecida (unte com pincel ) e enfarinhadas.
Dependendo do tamanho, 30 a 40 forminhas. Eu fiz 30 pequenas (cerca de 4,5 cm diâmetro) e um maior, tipo bolo ( de 12 cm de diâmetro).
Coloque numa assadeira grande e asse por cerca de 20 minutos ou até enfiar um palito e sair limpo.

Montagem:

Espere amornar para desenformar: com uma faquinha de ponta, libere as bordas e deixe esfriar em cima de uma grade, por completo para cortar e rechear com doce de leite.
Pode utilizar uma faquinha para tal, mas eu prefiro o saco de confeitar (nem precisa do bico – use o descartável e basta cortar a ponta com uma tesoura).
Após todos os pães-de-mel recheados, cubra com papel alumínio e leve à geladeira por no mínimo 4 horas para gelar e firmá-los bem (fica mais fácil para o banho de chocolate)
– Derreta o chocolate picado no microondas, numa tigela de vidro. Potência MÉDIA por cerca de 4 minutos. Retire, mexa um pouco e volte ao micro por mais 2 minutos potência MÉDIA.
Mexa bem com uma espátula e leve a tigela com chocolate para dentro de uma assadeira com água e gelo. Mexa até resfriar (teste: quando encostar o chocolate no lábio inferior e senti-lo frio, está pronto).
Retire a tigela da água, seque por baixo com um pano e leve à mesa de trabalho:

– Coloque um pão de mel recheado dentro da tigela, e com uma colher dê um banho por cima dele. Com um garfo próprio para banhar bombons (ou um garfo de dentes mais separados), levante com cuidado e dê batidinhas na borda da tigela para retirar o excesso.
– Vá colocando cada pão de mel banhado, numa assadeira grande, forrada com papel-manteiga.
– Espere o chocolate secar completamente. Se preferir, leve à geladeira por uns 20 minutos, retire e deixe secando em temperatura ambiente de 12 a 24 horas (depende do calor e umidade ambiente)
– Decore como preferir. Eu derreti (mesmo processo do chocolate escuro, porém menos tempo no micro devido à quantidade do chocolate ser menor) um pouco de chocolate branco e cobri alguns assim.

========

Dicas da Lena:

– Se você não tiver forminhas individuais pode fazer numa assadeira retangular, esperar esfriar, cortar em quadrados e rechear ou não, para banhar no chocolate. Porém neste caso, as bordas esfarelam mais, e acaba deixando o chocolate derretido com mais farelos a cada pão de mel banhado. Por isso prefiro as forminhas. Deixar gelar bem antes de dar o banho de chocolate, em ambos os casos.

– Os recheios podem variar entre doce de leite, brigadeiro, geleia de damasco, marzipã macio, enfim, o que gostar.

– A quantidade de chocolate para a cobertura nunca é exata. Pois pode estar mais grosso e precisar um pouco mais. Deixe sempre de reserva uns 300 grs a mais. Se precisar, derreta, resfrie e utilize para completar. O que sobrar, acrescente flocos de milho ou frutas secas e faça uma placa de chocolate.

– Cada pão de mel deve ser embalado individualmente. A julgar por esta época do ano quente, se colocar todos num vidro ou caixa, o chocolate derrete, gruda, e vc perde a beleza de seu trabalho : )

– O mel verdadeiro vai gerando umidade interna e maciez ao pão de mel à medida que os dias passam. Porém nmão esqueça que por ser recheado, depois de cerca de 7 dias é recomendável manter sob refrigeração.

– Pode congelar todos, inclusive já embalados, por até 2 meses. Não é bom isso?

Print Friendly, PDF & Email