Feliz 2014!

 

No primeiro post deste novo Ano, resolvi descomplicar.

Depois de bater no liquidificador, leve ao freezer..

Primeiro, porque muita gente está de férias. Segundo porque andamos com um calor danado no país inteiro. E de verdade, porque gostei demais desse meu sorvete – invenção : )

Sim, ele tem 2 etapas, e isso eu explico:

Depois de 3 ou 4 horas, coloque os pedaços na tigela da batedeira..

Não quis usar a minha sorveteira porque pouca gente tem uma. E o sorvete pra ficar cremoso, precisa de alguns cuidados:

Pode bater até ficar cremoso, sem deixar ficar líquido..

– Além de precisar de uma base bem cremosa (em geral, as receitas “de verdade” usam apenas uma base de creme inglês, feita com leite e gemas. Um creme cozido.). Delícia, mas enfim, bem mais trabalhoso porque precisa fazer esse creme e depois resfriar. Além do mais, mesmo com essa base, seria preciso uma sorveteira. Ela faz um sorvete cremoso, porque depois de misturados os ingredientes, a mistura é colocada no recipiente próprio  – que está congelado – e fica funcionando em movimentos giratórios durante mais ou menos uma hora – para não formar os cristais de gelo.  Tudo isso pra explicar que não gosto daquele “emulsificante” que deixa o sorvete “liguento”. Por isso tudo aqui é muito natural.

Por isso é que este sorvete precisa primeiro do liquidificador > freezer > batedeira. Mas tudo é fácil!!

Depois da segunda vez no freezer, é só mexer um pouco com uma colher

Explicado isso, quero dizer que o resultado é sensacional. Fica cremoso, intenso, com o sabor da manga mas com a leve acidez do limão que só realça cada colherada na boca.

Sirva com manga cortada assim ; )

De verdade, eu nem ia fazer post, mas quando coloquei uma foto no Instagram, Twitter e Face, algumas pessoas pediram a receita e achei melhor colocar aqui : ))

Para 5 boas porções:

 

Ingredientes:

– 4 mangas tipo “Palmer” descascadas e cortadas em pedaços
– 300 grs de iogurte grego integral
– 1 lata de leite condensado
– suco de 2 limões tahiti (o verde)
– ½ sachê de gelatina sem sabor
– 2 colheres (sopa) de água, para hidratar a gelatina

Preparo:

Hidrate a gelatina:

Numa tigelinha coloque primeiro a água. Polvilhe então meio sachê da gelatina em pó, sem sabor. Misture bem com um garfo. Leve ao microondas por 15 segundos. Retire, mexa novamente com o garfo. Reserve.

– No copo do liquidificador, coloque todos os ingredientes menos a gelatina hidratada.
Bata bem até formar um creme (cerca de 2 minutos).
Acrescente em seguida a gelatina e bata novamente por 1 minuto.
Coloque numa travessa pequena (eu coloquei num pote plástico, sem a tampa), e leve ao freezer por pelo menos 3 a 4 horas.
Retire do freezer, deixe descongelando em temperatura ambiente cerca de 15/20 minutos. Corte com uma faca em pedaços, e coloque na tigela da batedeira. Pode usar a batedeira manual também.
Aguarde até que os pedaços estejam um pouco mais macios (não deixe derreter), para que consiga bater em creme.
É necessária esta segunda etapa para quebrar os cristais de gelo que se formam. Bata por 3 a 4 minutos (ficará numa consistência beeem cremosa – depois você leva mais um pouco ao freezer).
Leve ao freezer entre 40 minutos a 1 hora.

Mexa com uma colher.
Sirva em seguida.

======================

Dicas da Lena:

– Usei a manga tipo “Palmer” por quase não possuir fibra. Pode usar a “Haden” também, mas ela contém mais fibra.
– Lembro que este sorvete, como não leva espessante, emulsificante, nem é feito em sorveteira, forma um pouco de cristais de gelo. Mas quando batemos na batedeira, eles são dissolvidos e o sorvete fica beem cremoso.
– Se deixar no freezer até endurecer, os cristais formam-se um pouco novamente. Mas se deixar em temperatura ambiente por meia hora ou descongelar na teclar “descongelar” do microondas por alguns segundos e mexer com uma colher novamente, ele volta a ficar cremoso.
– Eu adorei servir com pedaços de manga bem fresquinha, cortados na hora!
– O limão é fundamental, porque ele ajuda a deixar o sorvete mais espesso, já que leva leite condensado (é o princípio do recheio das tortas de limão). Além do que, dá Um realce de sabor excepcional, já que manga é docinha e contém pouca acidez.

Print Friendly, PDF & Email